Saiba sobre o Plano de Valorização das Advogadas

Cada vez mais a sociedade se atenta para a importância e o protagonismo feminino. Na Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Goiás (OAB-GO), não poderia ser diferente, uma vez que o Conselho Federal divulgou, em setembro, o Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada.

O documento revela um momento histórico da classe, que preza pela luta da igualdade de gênero. A presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-GO, Monimar Leão, destacou os principais pontos do Plano e como as advogadas goianas podem se beneficiar dessa conquista:

1) O plano prevê a valorização da educação jurídica: por meio da Escola Superior da Advocacia (ESA), as mulheres advogadas podem estudar e aprimorar seus conhecimentos, independentemente da cidade em que residirem, em razão da transmissão das aulas e palestras nas subseções. Essa constante melhoria do conhecimento possibilita uma saudável concorrência profissional para a mulher, bem como agrega valor de seus honorários ao tratar com clientes.

2) A defesa das prerrogativas das mulheres advogadas, por meio da Comissão de Prerrogativas.

3) A diretriz que determina o desconto ou isenção de anuidade para advogadas, no ano em que tiverem filhos ou os adotarem: essa já é uma realidade da OAB-GO, pois as Mulheres Advogadas, no ano em que dão à luz, ao protocolizarem o pedido de auxílio maternidade, recebem a devolução da anuidade paga no respectivo ano.

4) Atenção aos manuais de orientação desenvolvidos pela Comissão da Mulher Advogada e as outras Comissões da OAB-GO;

Clique aqui e leia na íntegra o Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada.

(Texto: Maria Amélia Saad – Assessoria de Comunicação Integrada da OAB-GO)